Como uma estratégia digital orgânica beneficia empresas

A estratégia digital orgânica é o meio que muitas empresas utilizam para melhorar seus resultados. Através dela, torna-se possível conseguir mais tráfego para o site, acelerar o funil de vendas e ter menos custos para captar um lead.

Dessa forma, quando se fala em uma estratégia digital orgânica, o que se deve ter em mente é: Inbound Marketing, otimização SEO e marketing de relacionamento aliado às redes sociais.

Assim, neste blog post queremos te ajudar a entender esses três itens para que você consiga aplicar essa estratégia na sua empresa, além de mostrar quais seus benefícios.

Antes de tudo, vamos entender o que é o tráfego orgânico

Diferente do tráfego pago – que é preciso gastar recursos financeiros para conquistar um cliente através de campanhas e links patrocinados – o orgânico tem como meta conseguir novos leads sem que haja gasto financeiro.

– Interessante para você: Qual a diferença entre tráfego orgânico e pago?

Porém, com isso é possível? Através de uma estratégia digital orgânica que priorize uma produção de conteúdo relevante e, principalmente, pautado em SEO.

Dessa forma, o tráfego orgânico é uma alternativa para as empresas que precisam de novos clientes mas que, por uma série de motivos, não podem gastar muito para alcançar esse objetivo.

Contudo, é importante ressaltar que conseguir resultados através do tráfego orgânico é uma estratégia de longo prazo.

Por isso, não desanime caso você esteja aplicando essa metodologia e os resultados não forem imediatos. Continue buscando mais leads por meio do orgânico que, a longo prazo, você poderá ver os resultados para o seu negócio.

Entendendo os três pilares da estratégia digital orgânica

Assim, agora que já pudemos entender melhor o que é o tráfego orgânico, podemos avançar e elucidar tudo o que envolve a estruturação de uma estratégia digital deste tipo. Vamos a eles!

1 – Inbound Marketing 

O Inbound Marketing nada mais é do que a produção de conteúdo relevante e voltado para uma persona.

Porém, o que é uma persona? Ela é uma representação fictícia do que seria o cliente ideal para a sua empresa. Nesse sentido, essa persona possui dúvidas, gostos e preferências que devem ser levadas a sério pelo seu negócio.

Assim, é a partir do conhecimento dessa persona que você consegue pautar o que é relevante para ser escrito no seu blog, por exemplo.

Vamos a prática: você é dono de uma empresa de tecnologia. A partir de pesquisas, uma das personas do seu negócio foi definida como uma pessoa que possui interesse na área de Tecnologia da Informação.

Logo, a partir desse conhecimento, você pode produzir conteúdos relevantes para sanar todas e quaisquer dúvidas que essa persona possa ter.

Dessa forma, quando ela procurar no Google a respeito de algum assunto referente à Tecnologia da Informação, ela pode cair diretamente no seu site.

Bacana, não? É assim que uma estratégia de Inbound Marketing funciona: atraindo leads através de um conteúdo personalizado e rico.

2 – Otimização para SEO

Logo, dando sequência à estratégia digital orgânica, um dos pontos que melhor devem ser trabalhados nesse sentido é o Search Engine Optimization (SEO).

Essa técnica, por sua vez, tem como objetivo otimizar um texto comum para que ele seja encontrado pelos mecanismos de pesquisa do Google. Todos nós concordamos que ser ranqueado nas primeiras posições de buscadores é o ideal, certo?

E as pesquisas não deixam mentir, de acordo com o HubsPot, a primeira posição ranqueada no Google possui uma taxa de clique de, em média, 34%.

Dessa maneira, para conseguir estar entre os primeiros do Google é preciso que algumas regras de SEO sejam seguidas, como:

Uso de palavras-chave de acordo com a sua persona: antes mesmo de produzir um texto para o seu blog, é preciso pesquisar as palavras que a sua persona mais busca na web. Para te ajudar a achar essas palavras, você pode utilizar o Keyword Planner;

Produzir conteúdos originais e relevantes: um dos maiores fatores que levam os algoritmos do Google a ranquear bem o seu texto é se ele é relevante, rico e consegue responder às perguntas da sua persona. Além disso, a originalidade é essencial, visto que uma empresa que comete plágio na produção de conteúdo pode ser punida de acordo com as normas da plataforma;

Ter um site responsivo: em 2016, a Google emitiu uma nota oficial explicando que um dos fatores principais para um bom ranqueamento é o site ser adaptável a várias telas. Logo, pensar nesse fato relacionado ao SEO é indispensável.

Assim, tendo em vista que o SEO é um assunto bastante complexo, nós preparamos um guia que pode te ajudar a entender tudo sobre essa técnica e como aplicá-la na sua estratégia digital orgânica. Conheça clicando aqui.

3 – Marketing de relacionamento nas redes sociais

Um estudo realizado pela Social Media Examiner, em 2016, mostrou que 90% dos profissionais de marketing consideram as redes sociais importante para os negócio. Dessa forma, as mídias não podem ser negligenciadas e devem ser utilizadas como um canal de relacionamento.

É relevante afirmar que, nos dias atuais, mais e mais pessoas interagem pelas redes sociais. As mídias como Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, YouTube são canais que podem – e devem – ser utilizadas por empresas.

Com relação ao Instagram, a plataforma chegou aos 70 milhões de usuários no Brasil. Já o Facebook possui, em média, 130 milhões de brasileiros que utilizam a plataforma.

– Conheça: Procurando um gerenciador de Instagram? Conheça essas 5 opções. 

Logo, apenas esses dados já trazem a reflexão de que, sim, as organizações precisam estar nesses meios e se relacionar com essas pessoas.

Na estratégia digital orgânica, as mídias digitais devem servir para que as empresas interajam com seus clientes. Essa interação, por sua vez, pode ser através de postagens, respostas em chats e publicações e outras formas que a sua empresa encontrar para estar em contato com os usuários.

Além disso, as redes podem servir para você divulgar os conteúdos que estão sendo produzidos em seu blog, por exemplo.

A estratégia aqui, portanto, é sempre estar atualizando as pessoas que te seguem nas mídias sociais com as novidades da sua empresa, sejam elas novas postagens no seu site ou informações relevante que são de interesse do seu público.

Quais as vantagens de aplicar esse conjunto de estratégias?

Agora que já entendemos quais são essas estratégias, queremos te mostrar os benefícios que elas podem trazer para a sua empresa.

Leads mais qualificados e educados 

A partir do momento que você começa a investir na produção de conteúdo voltado para personas, os leads advindos desse processo são mais qualificados.

Prova disso é o levantamento da HubSpot de 2018, que demonstrou que, para 63% dos profissionais de marketing, os leads advindos do Inbound Marketing são mais qualificados para a equipe de vendas.

Isso ocorre pelo fato de que, conforme o seu lead conhece mais a respeito das suas dúvidas e fica consciente do seu problema, a venda torna-se apenas uma consequência.

Diminuição no ciclo de vendas 

Seguindo na mesma lógica do tópico anterior, o ciclo de vendas é reduzido quando há uma estratégia digital orgânica em funcionamento.

Essa diminuição, portanto, é bastante vantajosa para a sua equipe de vendas. A partir do momento que o seu lead sabe o que quer, ele chega no fundo do funil já com a certeza da compra.

Conhecimento mais a fundo de quem é o seu público 

Quando há um esforço em saber quem é a sua persona, você descobre mais a fundo quem é o seu público. Essa descoberta, por sua vez, te permite conhecer os gostos e interesses de quem te acompanha.

Nesse sentido, essa estratégia é útil no momento de montar campanhas ou até mesmo no momento de escolher os canais para vinculá-las, visto que cada perfil de público possui uma preferência de rede social.

Redução de custos

Como foi frisado durante todo o texto, a estratégia orgânica digital não precisa ter gastos exponenciais de recursos financeiros.

Assim, um dos únicos recursos a serem utilizado é o tempo de produção de conteúdos, o que pode ser feito por você ou por uma agência terceira, a depender da sua necessidade.

Resultados cada vez melhores a longo prazo 

Apesar de ser visto como um ponto negativo por alguns profissionais, a estratégia digital orgânica é algo a ser construído a longo prazo.

Nesse sentido, quanto mais conteúdo você produzir de forma relevante e mais eficiente for a sua divulgação, melhor serão os resultados conseguidos pela sua empresa.

– Confira: Divulgação de conteúdos: como ser encontrado mais facilmente.

Concluindo

Logo, pudemos entender neste blog post que é possível aplicar a estratégia digital orgânica e ter um bom retorno com ela.

Os pontos para se atentar são: produção de conteúdo relevante e original, pautado em SEO e sem esquecer do marketing de relacionamento nas redes sociais.

Gostou deste artigo? Nós temos um e-book que pode te ajudar a entender mais sobre a Inbound Marketing, é só baixar!

 

Guia Inbound Marketing