Topo de funil: o que é e quais tipos de conteúdo são os ideais?

O topo de funil, no marketing, é considerado o estágio inicial de contato entre um visitante/possível cliente de uma marca. Quando falamos em marketing digital, é quando seu site ou outras páginas recebem um novo visitante – porém, que nem sempre conhece ou está efetivamente interessados na sua marca.

Aqui, no topo do funil de vendas, o seu objetivo é claro: educar os visitantes de maneira sutil e relevante. Assim, com paciência e materiais interessantes, você fornece informação e, quando essa estratégia é bem feita, passa a contar com novos clientes no futuro.

Porém, não basta apenas saber dessas informações: é preciso ter um bom know how para colocá-las em prática. Assim, confira esse artigo e saiba mais sobre o topo de funil – e como fazer para produzir um material relevante para esse público, nesse momento.

– Para entender o que é o funil de vendas, complemente a leitura com: Descomplicando o funil de vendas

O que é o topo de funil?

O topo de funil é a fase de conscientização do seu visitante. É a parte mais larga do funil de vendas – ou seja, a que recebe maior visualização. Nesse ambiente, cabe à empresa despertar o interesse dos visitantes a fim de que se tornem leads no futuro.

O objetivo do conteúdo do topo de funil é atrair uma grande quantidade de pessoas. E, mais do que isso, oferecer informação relevante. É a hora de causar a boa primeira impressão.

Lembre-se sempre que: o topo de funil é o ponto de partida, a porta de entrada para qualquer negócio. Por isso é tão importante compreender e investir em um bom material para essa etapa do relacionamento com o público.

Quais são os conteúdos ideais para o topo de funil?

De nada adianta você conseguir a atenção de um visitante se entregar um tipo de conteúdo desinteressante ou pior, que não esteja em sintonia com o momento desse prospect. A dica de ouro para materiais de topo de funil é não esquecer que nesse momento o visitante ainda não está interessado na sua marca nem no produto ou serviço que ela tem a oferecer.

Para oferecer um conteúdo de topo de funil eficiente, sugerimos algumas dicas importantes. São elas:

1. Conteúdo de fácil acesso: claro e objetivo

Como dito anteriormente, o objetivo do conteúdo dessa etapa do relacionamento é fazer com que o seu público tenha acesso ao tipo de informação que ele está procurando. Para isso, é importante que você saiba quem é o seu público-alvo e a sua persona: ou seja, para quem produzir tais materiais.

Nessa parte do relacionamento da empresa com o público estarão presentes vários curiosos, que não sabem muito sobre o assunto. Por isso, é necessário investir em um grande volume de material com conteúdo relevante, porém, que não seja complicado ou muito aprofundado. Além disso, ele deve ser encontrado de maneira fácil e conter informações claras e objetivas.

– Veja também: Persona: qual a importância e como definir a da sua marca

2. O objetivo não é vender!

Nessa etapa de relacionamento com o público, seu objetivo ainda não é concretizar a venda, mas sim educar os leitores. Assim sendo, não divulgue de maneira direta a sua empresa e seus produtos/serviços. Utilize o topo de funil para mostrar informações relevantes sobre determinado assunto.

Caso você cite a sua empresa, o usuário entenderá o material como propaganda – e, com isso, é bem provável que desista de continuar a jornada de compras. Novamente, ressaltamos que no topo de funil o objetivo é despertar a curiosidade do visitante. Somente após esse contato inicial é que sua empresa deve se preocupar com a geração de leads mais qualificados.

3. O formato do conteúdo é importante

Além do conteúdo em si, o formato em que ele é apresentado ao público também é importante. Assim, nessa etapa da jornada de compras, existem formatos que funcionam de maneira mais efetiva. Segundo a pesquisa Content Trends 2016, os mais eficazes são:

Posts em blog

Esse formato de conteúdo é útil e importante para todas as jornadas de compra. O lado positivo de uma boa postagem em blog é que você pode incluir um bom Call-to-Action para outros materiais sobre o mesmo tema que já tenha produzido. Assim, pode aprofundar ainda mais o conhecimento do seu público, engajando-o e criando proximidade com ele.

Posts em redes sociais

As redes sociais são um excelente canal para topo de funil. Isso porque atraem muitos tipos de público. Assim, quando feitas boas postagens em redes sociais, elas são um bom canal de atração de público para a sua marca.

É importante lembrar que nas redes sociais, o foco dos usuários não é o seu negócio. Eles estão lá para interagir com outras pessoas, por exemplo. Assim sendo, o papel da sua empresa é despertar o interesse dessas pessoas e levá-las para o seu site/ blog.

Vídeos e Webinários

Esse formato de conteúdo aproxima você do público. Afinal, ele “dá uma cara para a sua empresa”, já que é um material apresentado por uma pessoa. Os vídeos também oferecem uma enorme gama de opções e formatos. Também podem ser gravados ou feitos via transmissão ao vivo.

E-books/Whitepapers

Os e-books e whitepapers são excelentes para a empresa passar a contar com bons leads. No topo do funil, devem ser gratuitos – por isso pode ser considerada uma ação mais trabalhosa. O lado positivo desse material é que, para ter acesso a ele, as pessoas precisam deixar o e-mail delas em troca. Assim, você pode otimizar e aumentar o seu número de leads.

Infográficos

Formato que transmite informações de maneira visualmente atraente, os infográficos conquistam o público por possuírem conteúdo relevante e facilmente entendível. São educativos e despertam a curiosidade e atenção do público. Assim, são materiais relevantes para o topo de funil.

Tenha bons resultados otimizando o topo de funil

Agora que você sabe dessas informações, é mais fácil para colocar em prática as ações de produção de conteúdo para topo de funil. Lembre-se sempre da importância dessa etapa da jornada de vendas e prenda a atenção dos visitantes.

Fazendo um paralelo, pense que: ao atrair mais pessoas para o topo do funil, também é provável que mais pessoas concluam a sua jornada de compras e cheguem ao fundo do funil. Isso significa maiores possibilidades de vendas.

Terminou de ler o artigo, mas continua com dúvidas no assunto? Deixe seu comentário ou entre em contato conosco!

Inbound Marketing